Wanderlei Silva aceita desafio de Chael Sonnen e manda mensagem para rival

Em vídeo, brasileiro afirma que vai fazer rival engolir as palavras no octógono

O Estado de S. Paulo

23 de agosto de 2013 | 18h41

O lutador Wanderlei Silva demorou, mas finalmente aceitou o desafio de Chael Sonnen e foi além: fez pesadas críticas ao rival que pratica MMA e avisou que pretende uma luta principal do UFC entre os dois para resolver a questão de vez. "O Sonnen é o tipo de lutador que só é macho atrás das câmeras. Uma hora ou outra vou encontrá-lo pessoalmente e quero ver o que ele vai fazer", disse o brasileiro, chamando o norte-americano de frouxo.

Sonnen venceu recentemente Mauricio Shogun, amigo de Wanderlei, e tratou de provocar uma legião de brasileiros ainda em cima do octógono, dizendo que bateria em Wanderlei, depois em Vitor Belfort e que quando estivesse indo para o estacionamento para ir à festa de comemoração ainda bateria em Lyoto Machida. O norte-americano é famoso pelo jeito falastrão e parece que está conseguindo promover mais uma luta. "Sonnen, você vai ver o que acontece quando se desrespeita toda uma nação", avisou Wanderlei.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.