Ward, o melhor do Superbowl, vai á Coréia do Sul

Uma nova estrela esportiva foi adotada pela Coréia do Sul após a vitória, por 21 a 10, dos Pittsburgh Steelers sobre os Seattle Seahawks, no 40.º Super Bowl, o maior jogo do futebol americano: é Hines Ward, coroado o ?jogador mais valioso? do evento. É que Ward, filho de norte-americano com sul-coreana, nasceu em Seul e, embora nunca tenha voltado ao seu país natal desde que saiu de lá ainda um bebê ? hoje, ele tem 29 anos ?, tem seu nome tatuado, em coreano, no braço direito. Nesta segunda-feira, os jornais de Seul, capital da Coréia do Sul, comemoravam os feitos do ?grande jogador coreano de futebol americano? e anunciava que, finalmente, Ward deve visitar a cidade natal no próximo mês de abril.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.