Kyle Terada
Kyle Terada

AO VIVO

Confira tudo sobre a Copa do Mundo da Rússia 24 horas por dia

Warriors fazem 1 a 0 contra Cleveland Cavaliers na final da NBA

Time da casa superou os 51 pontos de LeBron James e venceu por 124 a 114

O Estado de S.Paulo

01 Junho 2018 | 02h36

O que estava se tornando em uma noite dos sonhos para o Cleveland Cavaliers virou um verdadeiro pesadelo faltando apenas três segundos para o fim da partida contra o Golden State Warriors, na quinta-feira, 31, decidida na prorrogação e vencida pelos anfitriões por 124 a 114, fazendo 1 a 0 nas finais da NBA.

Tudo se encaminhava para os Cavs abrirem vantagem na Oracle Arena, casa dos Warriors. LeBron James, autor de 51 pontos, fez uma melhor marca nas finais. Além dele, apenas cinco jogadores fizeram mais de 50 pontos nesta fase: Elgin Baylor, Michael Jordan, Rick Barry, Jerry West e Bob Pettit. Porém, um erro nos últimos segundos mudou todo o panorama da partida.

Faltando 4,7 para o fim, Klay Thompson fez falta em George Hill que converteu o primeiro lance livre, empatando o jogo em 107 a 107. No entanto, ele acabou errando o segundo, mas o rebote ficou com seu companheiro JR Smith, que ao invés de tentar o arremesso, driblou para o meio da quadra, pensando que o Cavs tinha a vantagem, levando o jogo para a prorrogação, para visível irritação de LeBron James.

Totalmente desconcentrado, o Cleveland Cavaliers foi presa fácil na prorrogação para o Golden State Warriors, que chegou abrir 9 a 0, fechando depois a partida em 124 a 114. Pela franquia californiana, Stephen Curry foi o destaque, ficando perto de um duplo-duplo, com 29 pontos e nove assistências. Em seguida veio Kevin Durant, marcando 26 pontos e conseguindo nove rebotes.

+ Golden State Warriors desafia 'melhor' LeBron James na final da NBA

+ Após deixar o Hornets, Steve Clifford é anunciado como técnico do Magic na NBA

O segundo embate entre Golden State Warriors e Cleveland Cavaliers acontece no próximo domingo, 3, novamente na Oracle Arena, às 21h (de Brasília). /EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.