Washington libera Tyson para lutar

O pugilista norte-americano Mike Tyson conseguiu nesta terça-feira a licença para lutar na cidade de Washington. Com isso, existe a chance dele enfrentar o inglês Lennox Lewis na capital dos Estados Unidos, em junho. O combate entre os dois estava marcado para o dia 6 de abril, em Las Vegas, mas o estado de Nevada não permitiu que Tyson lutasse lá.Assim como Nevada, o Texas também negou a licença para Tyson. Até agora, a Georgia tinha sido o único estado norte-americano a permitir que o pugilista entrasse no ringue. Mas as críticas do governador Roy Barnes a Tyson praticamente inviabilizaram a luta em Atlanta.Segundo o presidente da Comissão de Boxe de Washington, Michael Brown, existe uma preocupação com o passado problemático de Tyson, mas a possibilidade de aquecer a economia da cidade com esta luta com Lewis pesou mais na hora de decidir. ?Não se pode dizer que não nos preocupamos com seus antecedentes. Mas, desde os atentados de 11 de setembro, há muita gente sem trabalho nos hotéis e restaurantes. E esse combate ajudaria a cidade?, justificou ele.

Agencia Estado,

19 de fevereiro de 2002 | 15h05

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.