Belfort critica adiamento de luta contra Weidman
Belfort critica adiamento de luta contra Weidman

Weidman responde Belfort e fala sobre cinturão interino

Americano diz que brasileiro falhou em exames antidoping e não tem o direito de falar sobre a próxima luta, válida pela disputa do cinturão

O Estado de S. Paulo

29 Setembro 2014 | 17h37

As reclamações de Vitor Belfort sobre o adiamento da luta contra Chris Weidman, marcada para 6 de dezembro, não foram bem digeridas pelo americano. Em entrevista exclusiva para o MMA Hour, o campeão dos pesos-médios do UFC rebateu a provocação do brasileiro e prometeu deixá-lo com vergonha após o combate."Eu quero fazer ele parecer um velho. Esse cara falhou em exames antidoping e tem a audácia, a coragem, de falar sobre eu não lutar", disse Chris Weidman.

Para Belfort, com a lesão do americano, a disputa dos pesos-médios deveria ser realizada por outros lutadores e válida por um cinturão interino. Antes da luta com O brasileiro Lyoto Machida, Weidman machucou o joelho esquerdo e viu a luta ser adiada por dois meses também.

Vitor Belfort não luta desde novembro, quando derrotou Dan Henderson por nocaute técnico e garantiu o direito de disputar o cinturão dos pesos-médios.

A luta entre Weidman e Belfort será realizada somente em fevereiro de 2015 e retirada do card do UFC 181.

Mais conteúdo sobre:
UFCChris WeidmanVitor Belfort

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.