West Ham anuncia interesse em gerir Estádio Olímpico

Foi aberto nesta terça-feira o processo para definir o destino do Estádio Olímpico de Londres após o fim da Olimpíada de 2012. E o West Ham, clube de futebol da primeira divisão da Inglaterra, foi o primeiro a manifestar o interesse em usufruir do local.

AE, Agencia Estado

23 de março de 2010 | 15h46

A entidade responsável pela administração do estádio declarou que irá esperar oito semanas por propostas de qualquer organização interessada na gerência do novo estádio. A decisão deverá ser anunciada no final de março de 2011.

O estádio possui capacidade para 80 mil torcedores e será utilizado na abertura e no encerramento da Olimpíada. Ele foi elaborado para, depois do evento, ser reduzido a uma arena para 25 mil pessoas sentadas. No entanto, caso a negociação com o West Ham seja concluída, ele deverá manter o tamanho original.

Outra dificuldade nesta transação é que o acerto com o clube londrino faria com que o destino do Estádio Olímpico fosse diferente do que se esperava em sua criação, já que ele havia sido planejado para servir como a casa do atletismo inglês.

"Sabemos que o estádio deverá continuar recebendo competições mundiais de atletismo. No entanto, acreditamos que ele também possa servir para o futebol e para muitas outras coisas", declarou o vice-presidente do West Ham, Karren Brady.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.