West Ham é escolhido para ficar com estádio olímpico de Londres

O West Ham United foi escolhido para arrendar o estádio olímpico de Londres após os Jogos de 2012, anunciou nesta sexta-feira o órgão responsável pelo legado dos Jogos Olímpicos.

KEITH WEIR, REUTERS

11 de fevereiro de 2011 | 11h27

O West Ham superou o Tottenham, rival no Campeonato Inglês, na disputa para ocupar o estádio de 496 milhões de libras (796 milhões de dólares). A recomendação, por unanimidade dos responsáveis pelo legado da Olimpíada, ainda precisa ser oficializado pelo governo britânico e o prefeito de Londres, Boris Johnson.

As autoridades buscam uma forma de garantir que o estádio, palco principal do complexo olímpico de 9,3 bilhões de libras, ajude a regenerar uma das áreas mais pobres da capital.

"Estamos confiantes que esse será o melhor legado para o estádio", disse Margaret Ford, responsável pelo legado olímpico.

"É importante para as comunidades do leste de Londres, é ótimo para os londrinos, é uma notícia muito boa para o contribuinte britânico e nós acreditamos que essa recomendação é muito boa para o esporte."

A proposta do Tottenham previa a demolição de parte do estádio para remover a pista de atletismo e deixar apenas a arena para o futebol, com capacidade para 60 mil pessoas, ao custo adicional de 300 milhões de libras.

O West Ham, que ocupa atualmente o último lugar no Campeonato Inglês, tem atualmente o estádio Upton Park, que fica perto do que vai sediar as Olimpíadas.

O projeto do time mantém a pista de atletismo dentro do estádio, que também terá capacidade para 60 mil pessoas, num projeto mais modesto, de 95 milhões de libras.

Tudo o que sabemos sobre:
OLIMPLONDRESESTADIOWESTHAM*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.