Wiggins é o 1º ciclista da Grã Bretanha a ganhar a 99ª Volta da França

Vitória de um inglês contagia público e políticos às vésperas da abertura dos Jogos de Londres

Wilson Baldini Jr. - ENVIADO ESPECIAL, O Estado de S.Paulo

22 de julho de 2012 | 18h50

LONDRES - Os britânicos estão eufóricos. A cinco dias do início dos Jogos Olímpicos, o entusiasmo da população aumentou ainda mais neste domingo quando Bradley Wiggins se sagrou o primeiro ciclista da Grã Bretanha campeão da 99ª Volta da França. A festa foi completa, pois o também britânico Mark Cavendish venceu a etapa e se tornou o maior vencedor com 23 vitórias, superando André Darrigade e Lance Armstrong.

O atleta foi recepcionado por milhares de torcedores e suas bandeiras da Grã-Bretanha em plena avenida Champs Elysées, ontem, em Paris, ao final da 21ª etapa da tradicional competição, após 120 quilômetros desde Rambouillet. A chegada em Londres serviu apenas para ratificar o título de Wiggins, pois a conquista já havia sido garantida no sábado, após a disputa da penúltima etapa.

O feito de Wiggins foi amplamente divulgado pela imprensa britânica. Os canais de TV concentraram suas atenções na vitória do britânico. O primeiro-ministro David Cameron era um dos mais animados. "Este é um prenúncio de que o desempenho da Grã-Bretanha será um sucesso na Olimpíada. Todos estão muito felizes e isso era contagiar nosso atletas. Foi um feito brilhante", disse o político, esquecendo-se que o piloto britânico Lewis Hamilton foi o único a abandonar o GP da Alemanha de Fórmula 1.

Em alguns partes de Londres a vitória de Wiggins foi festejada como uma vitória da seleção inglesa de futebol. Muitas pessoas agitaram bandeiras da Grã-Bretanha nas janelas de seus apartamentos e casas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.