Photosport
Photosport

William Baillie, lendário corredor da Nova Zelândia, morre aos 84 anos

Dono de 12 títulos nacionais também se destacou ao percorrer os 20 km abaixo de uma hora, em Auckland: 59min28s6

Redação, Estadão Conteúdo

27 de dezembro de 2018 | 14h45

William "Bill" Baillie, lendário atleta da Nova Zelândia, morreu na noite de Natal, em sua casa, aos 84 anos, de acordo com informações divulgadas nesta quinta-feira pela Associação de Atletismo da Nova Zelândia.

Dono de 12 títulos nacionais em provas entre 800 jardas (731,5 metros) e 6 milhas (9,6 quilômetros), Baillie também se destacou em 1963, ao percorrer os 20 quilômetros abaixo de uma hora, em Auckland: 59min28s6. Além disso, em uma hora, correu 12 milhas, 960 jardas e 7 polegadas.

"Não havia dúvida em minha mente de que eu iria conseguir aquela marca naquele dia", disse Baillie, numa entrevista em que relembrou seu feito, no marco do 50 anos. "Estava tão tranquilo que fui para casa e ainda cortei a grama", acrescentou.

Muitas das provas nas quais o atleta se destacou não faziam parte do cronograma olímpico. Baillie também competiu em quatro edições do Jogos da Commonwealth, em 1954, 1958, 1962 e 1966. E foi sexto colocado na maratona da Olimpíada de 1964.

No início de carreira, Baillie teve como referência o checo Emil Zatopek, campeão olímpico em Helsinque-1952 na maratona, 5 mil e 10 mil metros, além de medalha de ouro nos Jogos de Londres-1948 nos 10 mil e da prata nos 5 mil metros.

A causa da morte do versátil atleta não foi revelada. "Bill acaba de terminar a corrida de sua vida, e só ele sabe qual era o tempo dele", diz o obituário da lenda do atletismo publicado nesta quinta no The New Zealand Herald.

 
Tudo o que sabemos sobre:
atletismoWilliam Baillie

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.