Alex Domanski/Reuters
Alex Domanski/Reuters

Wladimir Klitschko desiste de lutar com britânico

Ucraniano alegou dores abdominais para adiar 19.ª defesa de título mundial de pesos pesados na IBF e na WBO

AE, Agência Estado

08 de dezembro de 2010 | 22h35

O boxeador ucraniano Wladimir Klitschko anunciou nesta quarta-feira que não defenderá seu título mundial dos pesos pesados na Federação Internacional de Boxe (IBF) e na Organização Mundial de Boxe (WBO), diante do britânico Dereck Chisora, no sábado. A luta, que seria realizada na cidade alemã de Manheim, deverá ser remarcada nas próximas semanas.

Veja também:

linkBritânico critica desistência de Wladimir Klitschko

Klitschko alegou dores abdominais para desistir de sua 19.ª defesa de título. Segundo assessores do pugilista, a lesão não é grave. "Wladimir desistiu da luta. Ele está com uma lesão muscular nas costas. Não é muito grave. Ele deverá estar em condições de lutar novamente dentro de 60 dias", afirmou Shelley Finkel.

Segundo Frank Warren, empresário de Dereck Chisora, o anúncio de Klitschko surpreendeu seu cliente. "Dereck está muito decepcionado. Ele não acreditou. Ele estava achando que tudo estava acertado. A três ou quatro dias da luta pelo título, tudo estava pronto", declarou.

Com a desistência, os representantes dos dois lutadores deverão se reunir para agendar nova data para o confronto. Klitschko detém um recorde de 55 vitórias (49 nocautes) e apenas três derrotas, enquanto Chisora está invicto no circuito, com 14 triunfos consecutivos.

Alterado às 11h54 para correção de informação

Tudo o que sabemos sobre:
boxeWladimir Klitschkodesistência

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.