Wlamir: ''A seleção perdeu a melhor chance em Las Vegas''

Ex-jogador e bicampeão do mundo com a seleção brasileira em 1959 e 1963, Wlamir Marques não se surpreendeu. O comentarista da ESPN Brasil afirmou ontem que o "desastre de Atenas" já era esperado e que a grande chance brasileira de se classificar para Pequim foi desperdiçada no Pré-Olímpico de Las Vegas, no ano passado.Naquela oportunidade, o Brasil perdeu a vaga para o time B da Argentina - a outra passagem para a China ficou com os americanos, que levaram um time fortíssimo, repleto de astros da NBA."Não deveria ter sido uma surpresa para ninguém", declarou Wlamir. "Com a equipe completa já seria muito difícil para o Brasil conseguir essa classificação. Desfalcada, então, era missão quase impossível de ser cumprida."Wlamir fez questão de não criticar o técnico espanhol Moncho Monsalve, que assumiu a seleção neste ano, após o fiasco de Las Vegas em 2007."Ele trabalhou, deu um padrão tático, mas faltaram jogadores de decisão", comentou. "Muita gente falou de tática, que o Brasil teria que jogar de um jeito ou de outro... eu discordo, acho que o Brasil está jogando igual a todo mundo. Só faltou qualidade técnica e individual, faltou alguém decidir."Para o comentarista da ESPN Brasil, o fato de ficar fora da terceira Olimpíada seguida evidencia a má administração da modalidade no País. "Falta um campeonato nacional decente, falta organização", criticou. "Tem muito separatismo. Falta um pacto nacional."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.