Thiago Diz/World Surf League
Thiago Diz/World Surf League

WSL atualiza calendário da divisão de acesso do surfe e praia brasileira terá dois eventos

Praia de Itaúna, em Saquarema, será a única do mundo neste ano a receber etapa do Circuito Mundial e do Challenger Series

Redação, O Estado de S.Paulo

23 de março de 2022 | 20h00

A Liga Mundial de Surfe (WSL, na sigla em inglês) atualizou seu calendário para a disputa da Challenger Series (CS). Para este ano, a novidade é a realização do Corona Saquarema Pro, na Praia de Itaúna, em Saquarema (RJ). Ao todo, serão oito etapas, passando por seis países, para os surfistas terem a chance de se classificarem para o Circuito Mundial.

Paraíso do Estado do Rio de Janeiro, a WSL também anunciou que Saquarema receberá etapas da elite do surfe e da divisão de acesso na mesma temporada. Com isso, a praia brasileira tornou-se  a primeira e única do mundo a ser sede dois dos principais circuitos do surfe mundial.

"É uma grande satisfação termos a cidade de Saquarema recebendo dois eventos das principais competições do mundo no mesmo ano", destacou Ivan Martinho, CEO do escritório da WSL na América Latina. “Esse feito inédito da Praia de Itaúna ser a única a sediar essas etapas reitera a importância desse paraíso dos surfistas como um dos maiores palcos do esporte no mundo todo".

A etapa de Saquarema será a penúltima da temporada, ocorrendo entre os dias 1 e 8 de novembro, e deverá ser decisiva na disputa pelas vagas para o Circuito Mundial de 2023. Os integrantes da elite deste ano, 34 homens e 17 mulheres, têm participação garantida. Entre eles, o surfista de Saquarema, João Chianca, o Chumbinho, que também estreou como titular na seleção brasileira da WSL neste ano. 

"Estou muito feliz com essa notícia incrível. Saquarema é conhecida como a Cidade do Surfe, acho que ninguém fica desapontado com os eventos que rolam aqui e a 'vibe' na semana dos campeonatos é sempre gigantesca. Poder sentir o gostinho de me apresentar em frente de casa, de todos os meus amigos, da família, é o que me motiva a ser surfista profissional. Agora, ter a oportunidade de me apresentar em dois eventos com essa magnitude, vai ser incrível", comentou Chumbinho.

O Challenger Series 2022 começará na Austrália, em maio, logo após a quinta etapa do Circuito Mundial em Margaret River, quando haverá um corte na elite, de 34 para 22 homens e de 17 para 10 mulheres. Este grupo já estará classificado para o CT 2023, mas seguirá competindo nas cinco últimas etapas da temporada. Os que ficarem abaixo dessa linha de corte terão o CS para tentar se manter na elite do surfe

O Corona Saquarema Pro será promovido com o princípio da igualdade na premiação para homens e mulheres, incentivado pela WSL. As etapas do Challenger Series são disputadas por 96 surfistas na categoria masculina, 64 na feminina e serão transmitidas ao vivo pelo site oficial da WSL.

CALENDÁRIO DO WSL CHALLENGER SERIES 2022:

  1. 7 a 15 de maio: Boost Mobile Gold Coast Pro, na Austrália
  2. 17 a 24 de maio: Sydney Surf Pro, em Manly Beach, na Austrália
  3. 20 a 27 de julho: Ballito Pro, em Willard Beach, na África do Sul
  4. 30 de julho a 7 de agosto: Vans US Open of Surfing, em Huntington Beach, na Califórnia, Estados Unidos
  5. 1º a 9 de outubro: EDP Vissla Pro Ericeira, na Praia Ribeira D´Ilhas, em Portugal
  6. 12 a 23 de outubro: Quiksilver & Roxy Pro France, em Hossegor, na França
  7. 1º a 8 de novembro: Corona Saquarema Pro, em Saquarema (RJ), Brasil
  8. 26 de novembro a 7 de dezembro: Haleiwa Challenger, em Haleiwa Beach, no Havaí

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.