Xadrez tem o retorno de Mequinho

Nem parece que ele sobreviveu a uma doença gravíssima, que ainda dá o ar da graça através de algumas seqüelas; que está tecnologicamente defasado em relação aos adversários; que vive num país de pouca tradição em seu esporte; que está bem longe do pódio que um dia ocupou; que já passou dos 50 anos. De tão animado que está com a retomada da carreira profissional, o enxadrista Mequinho parece um garoto com a vida toda pela frente.Leia mais no Jornal da Tarde

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.