Xandão usa colírio e acaba pego no doping

Ameaçado de deixar o São Paulo na próxima janela de transferências, Xandão foi flagrado em exame antidoping pelo uso de estimulantes e será suspenso preventivamente por 30 dias pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). O teste foi feito após a derrota para o Atlético-PR (1 a 0), em Curitiba, no dia 16 de novembro, pelo Brasileiro.

O Estado de S.Paulo

06 de dezembro de 2011 | 03h03

O Tricolor, porém, garante que trata-se de um mal-entendido. Segundo o clube, Xandão foi autorizado a usar colírio com corticoides para curar uma conjuntivite. De férias, assim como o restante do elenco, o zagueiro só deve ser julgado no início de fevereiro e poderá recorrer.

Com o fim da temporada, a diretoria do São Paulo corre atrás dos reforços prometidos - seriam três titulares e "cinco ou seis" para formar elenco, segundo Adalberto Batista, diretor de futebol do clube.

O volante Fabrício, do Cruzeiro, deve se reunir hoje com a diretoria do clube mineiro para oficializar sua saída. Nos próximos dias, o zagueiro Paulo Miranda, do Bahia, também deve ser anunciado pelo Tricolor.

PALMEIRAS. DE FÉRIAS, TIME SE REAPRESENTA NO DIA 4 DE JANEIRO

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.