Xuxa: brigo por medalha se for à final

Fernando Scherer, de 29 anos, medalha de bronze em Atlanta, em 1996, nos 50m livre, e bronze em Sydney-2000, no revezamento 4x100m, inicia quinta-feira, a partir das 4 horas, a batalha para ir à final dos 50m, marcada para sexta-feira. "Se chegar à final, vou brigar por medalha", garante. Scherer, que mudou o tipo de treinamento para ganhar força, diz estar vivendo momento feliz na carreira, embora não seja apontado como um dos favoritos.AE - Acredita que pode brigar por medalha?Scherer - A grande verdade é que eu nunca treinei tanto para essa competição, mas não sei como estou, porque mudei o treinamento. Quero trabalhar passo a passo. Se eu chegar à final, com certeza brigo pela medalha. Meu sonho é trazer o ouro. Mas, para isso, vou ter de nadar melhor do que em toda a minha vida. Só que não fico me cobrando medalha.AE - Acha que as provas classificatórias são mais difíceis que a final? Sim. Uma semifinal não tem pressão de final. Os adversários menos qualificados podem crescer.AE - Você disse que mudou o treinamento. Quais foram as mudanças?Agora, faço muito mais o trabalho de explosão, velocidade e força. Não fico só fazendo treinos aeróbicos.AE - Mas isso não pode tirar sua agilidade?Não, minha porcentagem de gordura caiu de 15% para 7% ou 8%.Tenho, hoje, um corpo que nunca tive antes.AE - Por que as pessoas dizem que os 50m são uma loteria? Porque é uma prova muito rápida. Depende demais de como você está no dia. Todos os nadadores estão treinando bem, mas é preciso estar bem no dia da competição. Acho que poucos atletas têm condições de fazer 21 segundos (o recorde mundial é do russo Alexander Popov, com 21s64).AE - Como se sente sendo pouco falado pela mídia, apesar de seu bom histórico em Olimpíadas? Ninguém fala que você tem chances de medalha. A Daiane dos Santos (ginasta) e o Robert Scheidt (iatista), por exemplo, têm muito mais espaço que você.É normal. Não há nem o que falar da Daiane e do Scheidt. É merecido o destaque deles. Nos últimos anos, não fiz nada para que se pudesse falar em medalha para mim.AE - O que pensa do Thiago Pereira, revelação da natação brasileira?Ele é muito novo (tem 18 anos), bom e talentoso. Tem os quatro estilos diferentes e um grande futuro pela frente. Se o Michael Phelps vacilar, o Thiago pode superá-lo no futuro nos 200m.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.