Reuters
Reuters

Yamaguchi supera catimba e vence argentino por pontos

Brasileiro mostra-se mais focado, dominando quase todo o duelo e dando poucas chances ao rival sul-americano

Wilson Baldini Jr., Estadão Conteúdo

16 de novembro de 2014 | 08h57

O brasileiro Yamaguchi Falcão derrotou o argentino Martin Fidel Ríos na madrugada deste domingo, em luta realizada em Praia Grande (SP). O pugilista, medalha de bronze nos Jogos Olímpicos de Londres/2012, venceu por pontos em decisão unânime dos juízes (77 a 73, 79 a 70 e 78 a 73), ao fim de oito rounds, em Praia Grande (SP).

A vitória tirou uma tonelada de peso dos ombros do brasileiro. Com o resultado, ele apagou o malfeito de janeiro, quando acabou, junto com o rival, desclassificado no seu combate de estreia no profissionalismo.

Desta vez, Yamaguchi mostrou-se mais focado, dominando quase todo o duelo e dando poucas chances ao catimbeiro rival. Por várias vezes, o brasileiro ficou na iminência de derrubar o adversário, mas acabou não dando sequência ao ataque, apesar de demonstrar boa forma física.

Yamaguchi somou apenas a terceira vitória como profissional. Ainda pode aperfeiçoar todos os fundamentos: melhorar o jab - que pouco ajuda na preparação dos golpes -, aprimorar a colocação do direto de esquerda, ter uma sequência maior de golpes, variação de golpes, não aplicar tantos golpes baixos, mas principalmente cuidar do equilíbrio emocional.

Durante a luta contra o argentino, Yamaguchi voltou a se desconcentrar. Falou muito com o adversário, virou de costas, mexeu com o público, coisas que não precisam ser feitas na hora da luta.

Yamaguchi disse que gosta de ver lutas de Roy Jones Jr. e Muhammad Ali e se compara a eles no estilo extrovertido. Mas é preciso ter calma e experiência para usar desses artifícios. O tempo vai ensinar quando usá-los.

Ainda nesta madrugada, o brasileiro Patrick Teixeira derrotou outro argentino, o veterano Ulises David Lopez, por nocaute técnico no terceiro assalto. A luta valia o título latino dos médios ligeiros.

Tudo o que sabemos sobre:
boxeYamaguchi Falcão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.