Zagueiro Miranda já fala em tom de despedida

O presidente Juvenal Juvêncio afirma que não haverá desmanche do time que conquistou, no domingo, o 6º título brasileiro da história do São Paulo. Mas um tricampeão já fala em tom de despedida.O zagueiro Miranda tem contrato com o São Paulo até 2011, multa milionária de US$ 20 milhões (R$ 49 milhões), mas admite: está pronto para voltar a jogar na Europa. "Estou mais maduro, mais experiente e quero ser reconhecido como um grande zagueiro no exterior."Miranda tem apenas 24 anos, mas já sabe o que é viver fora do Brasil. Deixou o Coritiba, em 2005, para jogar no inexpressivo Sochaux, da França. Lembra que não teve uma seqüencia como titular mas que a experiência foi importante. "Se eu não tivesse passado por lá, não seria o zagueiro que sou hoje." A evolução de Miranda no futebol brasileiro, para onde retornou em 2006, foi tão grande que, há duas semanas, o zagueiro virou tema de uma reportagem no jornal francês L?Equipe.Miranda diz que sairá para as férias como jogador do São Paulo. Mas, após o período das férias, não garante sua permanência. "O título irá valorizar todos nós." Outro jogador que desperta a cobiça estrangeira é Hernanes. Sua multa é ainda mais alta que a de Miranda: 35 milhões (R$ 81 milhões). O contrato, mais extenso: vai até 2012. Juvêncio já disse que, depois de desprezar uma proposta do Barcelona no meio do ano, também não aceitará o interesse do CSKA. "Chegaram as propostas, mas foram muito baixas. Não vão conseguir levá-lo assim, tão facilmente."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.