Jonne Roriz/Estadão
Jonne Roriz/Estadão

Zanetti vai a duas finais no Grand Prix de Ostrava de ginástica artística

Brasileiro compete pela primeira vez desde que conquistou a medalha de ouro em Londres

AE, Agência Estado

23 de novembro de 2012 | 15h37

OSTRAVA - O campeão olímpico Arthur Zanetti foi bem no seu reencontro com as competições internacionais nesta sexta-feira. Competindo pela primeira vez desde o ouro em Londres, o ginasta brasileiro avançou a duas finais no Grand Prix de Ostrava, na República Checa, etapa que fecha a temporada.

Zanetti recebeu nota 15.800 em sua apresentação na fase classificatória nas argolas e avançou empatado com o grego Eleftherios Petrounias, que nem sequer esteve na Olimpíada. A nota, porém, seria suficiente para lhe dar a prata em Londres, atrás apenas do brasileiro, que recebeu 15.900 na final olímpica.

Zanetti e Petrounias disputam a liderança do Grand Prix de Ginástica Artística nas argolas, com o brasileiro aparecendo cinco pontos à frente por enquanto (115 a 110).

"A disputa da classificação foi rápida. Está um pouco frio, mas é bem legal estar aqui participando. Na final, pretendo fazer uma apresentação melhor do que a da qualificação. Na verdade, gostei da minha apresentação, mas quero fazer melhor", disse Arthur, que também se classificou para a final do solo, em sétimo, com nota 14.450. Ele é o único brasileiro em Ostrava.

Tudo o que sabemos sobre:
ginástica artísticaArthur Zanetti

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.