Robert Deaves
Robert Deaves

Zarif tem início ruim e fecha 1º dia do Mundial da Finn em 31º lugar

Único representante do País, brasileiro conquistou o título da competição em 2013

Redação, Estadão Conteúdo

16 de dezembro de 2019 | 13h30

O brasileiro Jorge Zarif teve um início ruim na Finn Gold Cup, o Mundial da classe, que está sendo realizado em Melbourne, na Austrália. O único representante do País na competição fechou o dia inicial do evento em 31º lugar, após a realização de duas regatas.

Zarif ficou em 28º lugar na primeira bateria e na 27ª posição na seguinte. O desempenho o deixa com 55 pontos perdidos. Assim, viu de longe o domínio de representantes da Nova Zelândia, Josh Junior e Andy Maloney, com uma vitória para cada em Melbourne.

Como eles ficaram na quinta posição nas regatas que não ganharam, estão com seis pontos perdidos, na liderança do Mundial. Eles deixaram para trás velejadores vistos como favoritos, como o ouro no Rio-2016 Giles Scott, da Grã-Bretanha e que está em décimo lugar, o atual campeão Zsombor Berecz, da Hungria, o 11º colocado na classificação geral, e o olímpico Max Salminen, da Suécia e que está na 24ª posição.

O Mundial da classe Finn será realizado em Melbourne até sábado, data da medal race. Zarif foi campeão em 2013, sendo que Jörg Bruder é o outro brasileiro que já faturou o título, sendo três vezes de modo consecutivo, de 1970 até 1972.

Tudo o que sabemos sobre:
velaJorge Zarif

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.