Zé Roberto ainda vê erros na invicta seleção

Há quem só veja e ressalte os pontos vulneráveis de um time nas derrotas. O técnico da seleção feminina de vôlei, José Roberto Guimarães, não age assim. Ontem de manhã, na chegada da delegação ao Rio, em meio à euforia pelo oitavo título do Grand Prix, conquistado no domingo, o treinador apontou os erros cometidos pela renovada equipe, que venceu as 14 partidas que disputou."Deixamos a desejar em alguns fundamentos. Sofremos muito com o passe, nossa grande dificuldade", disse. "O grupo é jovem e tem de evoluir." Em 2010, a seleção terá um desafio e tanto: vai lutar por um título inédito, o do Mundial, no Japão. E o treinador já adiantou: ninguém tem vaga garantida. "Muita coisa precisa ser observada."O próximo compromisso da seleção é o Final Four, no Peru, de 8 a 14 de setembro. Depois, joga o Sul-Americano, entre 30 de setembro e 4 de outubro, em Porto Alegre.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.