Zé Roberto: dedicação exclusiva à seleção

Depois de conquistar o bicampeonato da Superliga Feminina de Vôlei, o técnico José Roberto Guimarães adiou a renovação do seu contrato com a Finasa/Osasco para poder se dedicar exclusivamente à seleção brasileira feminina, que se prepara para a Olimpíada de Atenas. Por isso, ele teve uma reunião com a diretoria da equipe e definiu que poderá retomar o cargo depois dos Jogos em agosto. ?Vamos voltar a sentar para conversar em setembro. Até lá, porém, o nosso pensamento e energia estarão voltados para os Jogos Olímpicos?, revelou o treinador.Zé Roberto assumiu a seleção no ano passado, depois da saída de Marco Aurélio Motta, nas vésperas da Copa do Mundo do Japão, torneio classificatório para os Jogos Olímpicos. Mas, desde então, manteve o trabalho que vinha fazendo em Osasco. ?Meu contrato com a CBV vai só até a Olimpíada. Depois disso, estou no mercado. A preferência é do Finasa e por isso tivemos essa conversa inicial?, revelou o técnico, que está há três temporadas na direção da equipe - seu compromisso venceu no final de abril.Junto com Zé Roberto, três profissionais deixam o Osasco temporariamente para integrar a comissão técnica da seleção. São eles: o assistente Paulo Coco, o preparador físico José Elias de Proença e o técnico em informática Luís Henrique Reis. Assim, até setembro, a equipe será comandada por Jorge Edson e Marcos Kwiek.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.