Zumbano está na final da Forja

O superpesado Raphael Zumbano está na final da Forja dos Campeões. Nesta terça-feira à noite, o neto do lendário Ralph Zumbano e primo em segundo grau de Éder Jofre, o melhor peso galo de todos os tempos, derrotou Bruno Duarte, em decisão unânime dos jurados. A decisão será na próxima terça no ginásio do Baby Barioni. A luta transcorreu em clima de final de campeonato de futebol desde a entrada dos boxeadores. Bruno Duarte tinha o apoio de mais de 60 barulhentos torcedores, que abusavam de refrões agressivos como: ?uh, vai morrer?. Zumbano, que estava no córner azul, teve de se posicionar ao lado da torcida de Duarte. O clima hostil fez Newton Campos, presidente da Federação Paulista de Boxe, ameaçar paralisar o evento. Depois conseguiu contornar parcialmente a situação, ao trocar os pugilistas de córner. No local, apenas dois seguranças da federação tentavam conter os ânimos. Nenhum policial estava no local. Por volta das 21h20, dois carros da PM estavam no Baby Barioni, mas em menos de meia hora depois eles deixaram o lugar. A luta foi iniciada, sempre com muito equilíbrio. Duarte, mais forte, acertou alguns bons golpes em Zumbano, que conseguia imprimir melhor ritmo graças ao ótimo preparo físico. Após três roundes, Zumbano foi declarado vencedor. Bastou para que a torcida de Duarte partisse para a violência, ameaçando invadir o ringue, atirando cadeiras em direção aos familiares de Zumbano, para desespero de Newton Campos que gritava, em vão, pela ajuda da polícia. Do lado de fora mais problemas. Vários carros, que tentavam sair do estacionamento do Baby Barioni, foram parcialmente impedidos pelos ?amigos? de Duarte. Eles exigiam carona e ameaçam com socos e pontapés no veículo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.