Fábio Motta| Estadão
Fábio Motta| Estadão

Além do ouro de Daniel Dias, Brasil fatura uma de bronze na natação paralímpica

Ítalo Pereira foi terceiro colocado nos 100m costas

Estadão Conteúdo

08 de setembro de 2016 | 21h15

Pouco tempo depois da medalha de ouro de Daniel Dias, maior astro da natação do Brasil na Paralimpíada, o País conquistou uma de bronze na competição realizada no Rio. Ítalo Pereira também subiu ao pódio no Estádio Aquático, nesta quinta-feira, ao ficar em terceiro lugar na final dos 100 metros costas, categoria S7.

Italo Pereira completou a prova em 1min12s48, atrás do ucraniano Ievgenii Bogodaiko (ouro com 1min10s55) e do britânico Jonathan Fox (prata com 1min10s78). Terceiro colocado nesta prova no Mundial de Glasgow, em 2015, o nadador de Porto Nacional (TO) está em sua segunda participação em Paralimpíadas.

Outros quatro nadadores brasileiros que competiram nesta quinta-feira não alcançaram o pódio. Thomaz Matera ficou na sexta posição da final dos 100 metros borboleta com o tempo de 58s42. Apesar disso, considerou um bom resultado. "Meu desempenho foi bom e valeu também pela torcida brasileira. Nunca tinha visto isso igual. Deu para ouvir meus amigos da plateia gritando o meu nome", afirmou o atleta.

Talisson Glock e Caio Oliveira ficaram em quarto no lugar nas competições de 100 metros de costas e 400 metros livres, respectivamente. Já Maiara Barreto Pereira ficou em oitavo e último lugar nos 100 metros livres - ela havia passado em último lugar nas eliminatórias pela manhã.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.