Tatyana Zenkovich| EFE
Tatyana Zenkovich| EFE

Algozes mexicanos também caem e brasileiros são eliminados no taekwondo

Iris Tang Sing e Venilton Teixeira eram cotados para ganhar medalhas na modalidade

Demétrio Vecchioli, enviado especial ao Rio, Estadão Conteúdo

17 de agosto de 2016 | 17h41

O Brasil já desperdiçou as duas primeiras das quatro chances que tem de conquistar uma medalha no taekwondo nos Jogos Olímpicos do Rio. Nesta quarta-feira, na abertura das disputas da modalidade na Arena Carioca 3, os dois brasileiros das categorias mais leves foram eliminados. Eles eram os mais cotados à medalha na delegação.

As trajetórias de Iris Tang Sing e Venilton Teixeira foram parecidas. Os dois estrearam com vitórias relativamente tranquilas, mas caíram nas quartas de final para rivais mexicanos, respectivamente Itzel Manjarrez Bastidas e Carlos Navarro Valdéz.

Para seguirem vivos na disputa do bronze, pelo sistema de disputa do taekwondo, os brasileiros precisavam que seus algozes chegassem até a final. Mas tanto Bastidas quanto Valdéz foram eliminados na semifinal. Ela perdeu para Tijana Bogdanovic, da Sérvia, enquanto ele caiu diante de Shuai Zhao, da China.

O Brasil ainda tem mais dois atletas por competir, ambos classificados por convite. Julia Vasconcelos, da categoria até 57kg, estreia na quinta contra Suvi Mikkonen, da Finlândia. Maicon Siqueira só compete no sábado. Ele faz sua primeira luta diante de Stephen Lambdin, dos EUA.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.