Algozes perdem na semifinal e encerram chances de medalhas de brasileiras na luta

Algozes perdem na semifinal e encerram chances de medalhas de brasileiras na luta

Gilda de Oliveira e Joice Silva ainda poderiam voltar a competir na repescagem

Estadão Conteúdo

17 Agosto 2016 | 15h17

As brasileiras Gilda de Oliveira (até 69kg) e Joice Silva (até 58kg) estão fora da disputa por medalhas na luta olímpica estilo livre nos Jogos Olímpicos do Rio. Nesta quarta-feira, após serem derrotadas precocemente na Arena Carioca 2, elas viram suas algozes perderem nas semifinais.

Com o revés, elas voltariam para a competição na repescagem, com chances de lutar pelo bronze, apenas se suas algozes avançassem para a decisão da medalha de ouro. Porém, não foi o que ocorreu, acabando com as esperanças de as brasileiras subirem ao pódio.

Gilda de Oliveira estreou na Olimpíada com vitória sobre a israelense Ilana Kratysh, mas acabou sendo derrotada no seu segundo combate pela egípcia Enas Ahmed. Na sequência, sua algoz perdeu nas semifinais para a russa Natália Vorobeva.

Já Joice Silva, medalhista de ouro no Pan de 2015, perdeu na sua estreia para Aisuluu Tynybekova. E assim como ocorreu com a algoz de Gilda, quem também bateu a lutadora do Quirguistão foi uma russa, Valeria Koblova.

Ainda nesta quarta-feira, na final da categoria até 69kg, Vorobeva vai lutar com a japonesa Sara Dosho. Já a luta pelo ouro da categoria até 58kg será entre Koblova Kaori Icho, também do Japão.

As lutadoreas brasileiras voltam a competir na luta nesta quinta-feira. Laís Nunes de Oliveira (até 63kg) vai estrear contra a turca Hafize Sahin. Já Aline Ferreira (até 75kg) lutará com a japonesa Rio Watari.

 

PARTICIPE

Quer saber tudo dos Jogos Olímpicos do Rio? Mande um WhatsApp para o número (11) 99371-2832 e passe a receber as principais notícias e informações sobre o maior evento esportivo do mundo através do aplicativo. Faça parte do time "Estadão Rio 2016" e convide seus amigos para participar também!

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.