Jonne Roriz/COB
Jonne Roriz/COB

Alison Brendom concorre ao prêmio de revelação do ano da IAAF

Um dos destaques do atletismo brasileiro na atualidade, ele quebrou sete vezes o recorde sul-americano sub-20

Redação, O Estado de S.Paulo

05 de novembro de 2019 | 18h59

A Associação Internacional das Federações de Atletismo (IAAF, na sigla em inglês) anunciou nesta terça-feira os candidatos ao prêmio de revelação da temporada, uma das categorias da sua premiação anual, e indicou um brasileiro, Alison Brendom Alves dos Santos, entre os cinco finalistas da disputa masculina.

A lembrança a Alison se dá após ele ser um dos destaques dos 400 metros com barreiras em 2019, tanto que foi finalista da prova no Mundial de Atletismo, que aconteceu em Doha, e também quebrou sete vezes o recorde sul-americano sub-20.

"Estou muito feliz porque iniciamos a temporada com metas na categoria sub-20 e acabei superando todas as expectativas. Foi demais", comentou Alison, de 19 anos, que já começa a pensar na sua primeira Olimpíada, pois está classificado. "Agora é me preparar para a Olimpíada Tóquio-2020", completou o atleta.

Com a marca de 48s28, Alison terminou 2019 na liderança do ranking mundial sub-20 nos 400m com barreiras. Além disso, faturou a medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos de Lima e no Pan-Americano Sub-20 de San José, na Costa Rica, da Universíada de Nápoles e do Sul-Americano de Lima, sendo o sétimo colocado no Mundial de Doha.

"Ficamos surpresos pela indicação, porém muito felizes pelo reconhecimento do trabalho a longo prazo que estamos realizando", disse o técnico de Alison, Felipe de Siqueira. "É de extrema importância também para o Alison, que faz parte do processo de formação dele como atleta num todo."

O norueguês Jakob Ingebrigtsen (quinto nos 5.000m e quarto nos 1.500m no Mundial), o ucraniano Mykhaylo Kokhan (quinto no lançamento de martelo no Mundial) e os fundistas etíopes Selemon Baregan (vice-campeão mundial de 5.000m) e Lamecha Girma (vice-campeão mundial dos 3.000m com obstáculos no Mundial) são os concorrentes de Alison.

Na disputa feminina, os candidatos são a jamaicana Britany Anderson, a etíope Lemlem Hailu, a ucraniana Yaroslava Mahuchikh, que foi prata do salto em altura no Mundial, a equatoriana Glenda Morejon e a norte-americana Sha’Carri Richardson.

Os prêmios serão entregues pela IAAF na sua festa de gala, agendada para o dia 23, em Montecarlo.

Para Entender

Programação de tv

Veja as principais atrações esportivas do dia

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.