Ana Sátila termina em 13º lugar e fica fora da final no Mundial de Canoagem

Após se garantir em duas semifinais do Mundial de Canoagem Slalon, em Londres, a brasileira Ana Sátila acabou não conseguindo avançar à final de uma das categorias neste sábado. Ele terminou em 13º lugar no K1 feminino e assim não entrou no grupo das dez canoístas que disputaram a decisão desta prova, que é olímpica.

Estadão Conteúdo

19 de setembro de 2015 | 22h01

Após Ana ser eliminada nas semifinais, o ouro na final foi conquistado pela checa Katerina Kudejova, enquanto a alemã Ricarda Funk faturou a prata e a terceira posição ficou com a também alemã Melanie Pfeifer.

Além da disputa por medalhas, esteve em jogo na prova as vagas dos países participantes na Olimpíada de 2016. República Checa, Alemanha, Austrália, Espanha, Eslováquia, Grã-Bretanha, Nova Zelândia, China, Áustria, França, Rússia, Eslovênia, Polônia, Japão e Itália asseguraram classificação na competição que será realizada no Rio, assim como o Brasil, como país-sede, já tem lugar assegurado no evento.

Depois de ficar em 13º lugar no K1, a brasileira disputará outra semifinal neste domingo: a do C1 feminino, que não está no programa olímpico. Antes disso, em 2014, ela chegou a conquistar um 11º lugar no Mundial de Canoagem.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.