Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

André Brasil fica em segundo nos 200 metros medley S10

Nadador brasileiro, que já ganhou dois ouros em Pequim, termina disputa com o tempo de 2min14s20

Redação,

11 de setembro de 2008 | 08h32

Na final dos 200 metros medley da categoria S10 (atletas com um menor grau de deficiência físico-motora), realizada nesta quinta-feira, o nadador André Brasil chegou em segundo lugar, resultado que o deixou em mais um pódio nos Jogos Paraolímpicos de Pequim.  Veja também: Natação do Brasil leva bronze no revezamento 4x50 metros Daniel Dias conquista seu quarto ouro nos Jogos ParaolímpicosNúmeros da história do Brasil na Paraolimpíada Vote: Brasil terminará entre os 10 primeiros no quadro? André Brasil, que já levou dois ouros nos Jogos, teve dificuldades para acompanhar o ritmo dos rivais no nado peito, que não é sua especialidade. Mesmo assim, ele chegou em segundo com o tempo de 2min14s20. A vitória ficou com o australiano Rick Pendleton, que cravou 2min12s78, novo recorde mundial. Aos 24 anos, André Brasil é um dos principais nomes do País na natação Paraolimpíada. As duas medalhas de ouro dele em Pequim aconteceram nas disputas dos 100 metros livre (51s38, recorde mundial) e dos 100 metros borboleta (56s47, recorde mundial). Dono de oito medalhas no Parapan (seis de ouro), André Brasil nasceu no Rio de Janeiro e pratica natação desde os três meses de idade, após a constatação de paralisia infantil (poliomielite). Atualmente, o campeão paraolímpico estuda fisioterapia. André Brasil ainda participará de mais quatro provas: 100 metros costas, 50 metros livre, 400 metros livre e 4x100 metros medley.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.