Anistia Italiana lança o 'Guia do atleta informado' para Pequim

De um lado, manual mostra informações turística da capital, de outro, lembra das violações dos direitos humanos

Ansa

17 de julho de 2008 | 11h42

Após o manual do torcedor olímpico lançado pelas autoridades chinesas, a Anistia Italiana publica agora, por ocasião dos Jogos Olímpicos, o guia do atleta informado, um cartão dupla face que mostra "as duas caras da China". De um lado estão escritas informações turísticas, culturais e de caráter geral sobre Pequim, enquanto do outro é mostrado um quadro assustador das violações dos direitos humanos no país que hospeda as próximas Olimpíadas. O guia, realizado em parceria com a Comissão Nacional de Atletas do Comitê Olímpico Italiano (Coni), será distribuída junto de um mapa da capital chinesa aos 350 atletas que irão representar a Itália em Pequim. "Queremos que os atletas saibam que a China apresenta ainda hoje graves problemas em relação aos direitos humanos e que a promessa de melhorar a situação feita em 2001 permanece largamente desrespeitada", disse na manhã desta quinta-feira Paolo Pobbiati, presidente da Anistia Italiana, durante a apresentação da iniciativa. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.