Antidoping tentará detectar hormônio HGH em Olimpíada

Intenção do presidente da agência reguladora é acabar com o suplemento que ajuda na melhoria física

Agência Estado

27 de fevereiro de 2008 | 16h45

A Agência Mundial Antidoping afirmou nesta quarta-feira que fará testes para detectar o uso de hormônio do crescimento (HGH) nos Jogos Olímpicos de Pequim, que serão disputados em agosto deste ano. "Não teremos dúvidas de que serão testes com resultados precisos. Teremos essa capacidade em Pequim", afirmou John Fahey presidente da Agência. O hormônio é difícil de ser identificado em exames porque é rapidamente eliminado pelo organismo.Exames para detecção do hormônio foram feitos na Olimpíada de Atenas, em 2004, e nos Jogos Olímpicos de Inverno de 2006, em Turim. Em ambas as competições, não houve atletas flagrados pelo uso da substância. Segundo o diretor da Agência, David Howman, há pelo menos duas décadas atletas usam o HGH sem punições

Tudo o que sabemos sobre:
antidopingCOIPequim 2008

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.