Após ouro, seleção feminina de vôlei pensa em Mundial

A seleção feminina de vôlei chegou ao Brasil nesta quarta-feira, após a conquista do ouro olímpico nos Jogos de Pequim. E, de volta ao País, comissão técnica e jogadores já começam a pensar nos próximos passos da equipe: a renovação e o Campeonato Mundial de 2010."Falta o Mundial. Não pretendo voltar para os homens, não. Vou ficar fiel às mulheres", brincou o treinador Zé Roberto Guimarães, deixando claro que continuará com a seleção feminina, e evitando especulações de que poderia voltar a comandar o time masculino, caso Bernardinho deixe o comando.No feminino, o Brasil ainda não tem títulos mundiais. A próxima edição do torneio será disputada no Japão. Em 2006, a equipe comandada por Zé Roberto perdeu a final para a Rússia. Para a conquista do Mundial, no entanto, o treinador já planeja uma reformulação no elenco. A principal peça a ser reposta é a levantadora Fofão que, após 17 anos na seleção, deixará a equipe. "Acredito que toda levantadora precisa de experiência. Tenho certeza que aparecerão ótimas levantadoras, que precisam de apenas uma oportunidade", comentou a jogadora, que continua na profissão, mas apenas disputando a Liga Nacional de vôlei.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.