AP Photo/Matt Slocum
AP Photo/Matt Slocum

Após recurso, EUA recuperam medalha de prata nos 5.000 metros

Paul Kipkemoi Chelimo havia sido desclassificação por pisar na linha interna da pista

Gonçalo Junior e Nathalia Garcia, enviados especiais ao Rio, Estadão Conteúdo

20 Agosto 2016 | 23h50

Os Estados Unidos conseguiram recuperar a medalha de prata de Paul Kipkemoi Chelimo na prova dos 5.000 metros após recurso contra a sua desclassificação na Olimpíada do Rio de Janeiro. Chelimo havia sido desclassificado da prova por pisar na linha interna da pista.

Com a reconsideração, o etíope Hagos Hebrhiwet volta a ficar com o bronze na prova disputada na noite deste sábado, no Engenhão. E o norte-americano Bernard Lagat, que chegou a ficar com o bronze por alguns minutos, voltou a figurar na quarta colocação.

A disputa foi vencida pelo britânico Mo Farah, que conquistou o ouro. Depois de conquistar o bicampeonato olímpico nos 10.000 metros, ele estendeu seu reinado também para a prova dos 5.000m. Se Usain Bolt conquistou o tri em três provas (100m, 200m e revezamento 4x100m), o britânico se tornou bi em duas disputas (5.000m e 10.000m).

O resultado foi definido minutos antes da cerimônia de premiação, realizada na noite deste sábado. Antes de receber sua medalha, Mo Farah mostrou entusiasmado e fez o gesto tradicional de comemoração com o coração feito com as mãos. Após a indefinição em relação à sua medalha, Chelimo mostrou expressão de alívio e satisfação no pódio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.