Alan Morici/EFE
Alan Morici/EFE

Após seis Olimpíadas, Formiga confirma aposentadoria da seleção brasileira

"Só tenho a agradecer aos brasileiros por essa torcida", disse a jogadora de 38 anos

Vítor Marques, Estadão Conteúdo

19 Agosto 2016 | 16h02

A volante Formiga se emocionou ao confirmar o adeus da seleção brasileira de futebol. Ainda no gramado em Itaquera, logo após a derrota do Brasil na disputa de 3º lugar, a jogadora de 38 anos relembrou sua trajetória na seleção.

"Só tenho que agradecer aos brasileiros por essa força, por essa torcida. Por a gente passou, a gente conquistou. Não é o que a gente queria, todo mundo sabe", disse a jogadora à TV Globo nesta sexta-feira.

Formiga entrou para a historia do País porque ela disputou sua sexta Olimpíada. Ela defende a seleção desde a estreia do futebol feminino nos Jogos, em 1996, na Olimpíada de Atlanta. 

A volante lamentou o fato de não conseguir se despedir dos Jogos com uma medalha: "É difícil, porque a gente queria tanto coroar o nosso trabalho. Por tudo que a gente vem fazendo, por tudo que a gente deixou de fazer. Para conquistar nosso espaço, nossa visibilidade." 

Na opinião dela, se houver mais investimento na modalidade e um trabalho a longo prazo, o futebol feminino do Brasil irá crescer e alcançar o ouro olímpico.

"Se a gente começar a investir e trabalhar a nossa base, a gente vai ter frutos. Todas as seleções tiveram renovações. Tiveram trabalho de longo tempo, longos anos, para se obter resultados. Somos, sim, heroínas, porque a gente luta muito e eu dou parabéns para todas, para esse grupo." 

Mais conteúdo sobre:
Formiga Itaquera Brasil Canadá Olimpíada

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.