Armadora Adrianinha celebra 5ª Olimpíada e recorde: 'Nunca pensei'

Atleta de 37 anos é uma das mais experientes de toda a delegação brasileira no Rio

Estadão Conteúdo

31 de julho de 2016 | 11h30

Quando a bola subir para a disputa do basquete feminino nos Jogos do Rio, a partir do próximo sábado, a armadora Adrianinha completará sua quinta Olimpíada. O feito a tornará a jogadora brasileira da modalidade com o maior número de participações, marca até então inimaginável para ela.

"É um momento muito especial e nunca pensei que atingiria essa marca. Tenho um sentimento de gratidão enorme e devo isso ao basquete e a todos que passaram pela minha carreira desde o início. Jogo na seleção há 20 anos e vem na minha memória os meus treinadores, as minhas companheiras de equipe, algumas que já pararam de jogar, as que ainda estão aqui e as que vão continuar", declarou.

Para alcançar tal marca, Adrianinha precisou voltar atrás na decisão de se aposentar da seleção brasileira, anunciada após a participação nos Jogos de Londres, em 2012. Tudo isso, segundo ela, para realizar o sonho de disputar uma Olimpíada diante da torcida do País, em casa.

"É um sonho. E o fato de estar sendo no Brasil torna esse momento ainda mais especial. Sinto um frio na barriga toda vez que visto a camisa do Brasil e que entro em quadra para defender meu país. É um orgulho muito grande", disse. "Estou convicta de que vamos ter grandes jogos e contamos com o apoio e a torcida do Brasil inteiro."

A seleção brasileira estreia diante da Austrália na Olimpíada, no sábado, e Adrianinha confia no estilo do técnico Barbosa para que o País faça bonito em casa. "Eu gosto muito do estilo de trabalho do Barbosa. Eu acho que a parte dele é feita no treinamento. E eu prefiro esse estilo de técnico que treina a jogadora e passa a confiança completa para o time e para a armadora em quadra. Isso é muito importante", elogiou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.