Astro da NBA será o porta-bandeira russo em Pequim

Andrei Kirilenko, do Utah Jazz, substitui Isinbayeva na cerimônia de abertura; Sharapova também foi convidada

EFE

25 de julho de 2008 | 13h24

O jogador de basquete Andrei Kirilenko, que defende o Utah Jazz na NBA, será o porta-bandeira da delegação russa na cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos de Pequim, em 8 de agosto. O presidente do Comitê Olímpico Russo (COR), Leonid Tiagachov, fez o anúncio nesta sexta-feira, acabando com uma dúvida que já tomava conta da imprensa esportiva nacional. Os dirigentes trabalhavam a idéia de o porta-bandeira ser uma mulher: Yelena Isinbayeva. A atleta do salto com vara, no entanto, recusou a oferta. Logo depois, especulou-se sobre a possibilidade de a bandeira russa ser empunhada pela tenista Maria Sharapova, mas o capitão da equipe olímpica de tênis do país, Shamil Tarpischev, se mostrou contrário à iniciativa. A Rússia espera conquistar até 90 medalhas em Pequim, incluindo 40 de ouro. A equipe olímpica do país, composta por 467 atletas, espera obter seus melhores resultados no atletismo, no nado sincronizado, no boxe, no tênis, na luta livre e na ginástica rítmica.  

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.