Urs Flueeler/EFE
Urs Flueeler/EFE

Astro jamaicano é barrado no aeroporto Tom Jobim

Asafa Powell esquece credencial olímpica, mas é liberado após intervenção da Polícia Federal

O Estado de S.Paulo

26 de julho de 2016 | 16h51

O astro jamaicano Asafa Powell foi barrado ao desembarcar no aeroporto Tom Jobim, no Rio de Janeiro. O velocista esqueceu a credencial olímpica, que serve como visto para a entrada no País para a disputa dos Jogos.  

Foi necessária a intervenção da Polícia Federal para liberar Powell, que justificou que o documento estava com o chefe da delegação jamaicana do lado de fora do aeroporto. Apesar do pequeno contratempo, Powell não se mostrou incomodado com a situação.

"Houve um pequeno problema na chegada, mas o pessoal da imigração foi solícito e profissional. Agora, estou preparado para dar sequência ao trabalho e assim levantar bem alto a bandeira jamaicana nos Jogos do Rio", disse ao jornal jamaicano, Gleaner.

Fora das provas dos 100m, da qual foi recordista mundial em 2007, Powell vai disputar apenas o revezamento 4x100m em 2016.

PARTICIPE

Quer saber tudo dos Jogos Olímpicos do Rio? Mande um WhatsApp para o número (11) 99371-2832 e passe a receber as principais notícias e informações sobre o maior evento esportivo do mundo através do aplicativo. Faça parte do time "Estadão Rio 2016" e convide seus amigos para participar também!

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.