Atirador norte-coreano pego no doping tem medalhas cassadas

Kim Jong-su é expulso dos Jogos Olímpicos de Pequim e perde uma prata e um bronze que tinha conquistado

REUTERS

15 Agosto 2008 | 02h10

Kim Jong-su, atirador norte-coreano com duas medalhas olímpicas em Pequim, apresentou resultado positivo no antidoping, foi excluído da competição e terá suas medalhas cassadas, segundo informou na sexta-feira o Comitê Olímpico Internacional. Uma ginasta vietnamita, que ficou fora da luta por medalhas, também foi pega no antidoping, segundo porta-voz do COI. Kim somou duas medalhas no tiro: prata na prova masculina da pistola de 50m e bronze na pistola de ar de 10m. Tan Zongliang, da China, herdou a prata na prova dos 50m, e Vladimir Isakov, da Rússia, ficou com o bronze. Na de 10m, Jason Turner, dos Estados Unidos, ficou com o bronze de Kim. Kim testou positivo para o betabloqueador propranolol, segundo o porta-voz do COI. Betabloqueadores são usados para diminuir o ritmo cardíaco, de forma que seja possível atirar, sem tremer, no intervalo dos batimentos. É usado em tiro e tiro com arco. A vietnamita Thi Ngan Thuong Do, também fora da Olimpíada, deu positivo para furosemida, diurético que serve para mascarar outras drogas.

Mais conteúdo sobre:
OLIMPDOPINGCOREANO

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.