Divulgação/Comitê Paralímpico
Divulgação/Comitê Paralímpico

Atletas brasileiros começam a entrar na Vila Paralímpica dos Jogos de Tóquio

Ao todo, 66 competidores da esgrima em cadeira de rodas, natação, goalball e tênis de mesa já se acomodam na capital japonesa para o evento

Redação, Estadão Conteúdo

18 de agosto de 2021 | 13h11

Atletas brasileiros da esgrima em cadeira de rodas, natação, goalball e tênis de mesa entraram nesta quarta-feira pela primeira vez na Vila dos Atletas dos Jogos Paralímpicos de Tóquio-2020. Ao todo, 66 atletas, além de parte da comissão técnica, médica e administrativa, já se acomodaram na nova casa brasileira no Japão.

Dentre esse grupo, 62 atletas de três modalidades (natação, goalball e tênis de mesa) estão no Japão desde o último dia 6 e realizaram um período de aclimatação em Hamamatsu, cidade a 250 km de Tóquio. Já os da esgrima em cadeira de rodas saíram do Brasil.

Devido ao tamanho da delegação, que conta com 435 pessoas, o Brasil ocupará 120 apartamentos, sendo no total 336 quartos, entre quartos duplos e unitários. "Já vi que tem uma vista bacana do quarto. O prédio do Brasil está lindo! Estou muito feliz de estar aqui representando o Brasil mais uma vez", relatou o nadador multimedalhista Daniel Dias.

Nesta quinta-feira, no Japão, será a vez dos halterofilistas e cavaleiros se juntarem aos residentes da Vila dos Atletas. A equipe de hipismo realizou treinamentos e quarentena dos cavalos na Alemanha.

Apenas uma modalidade não ficará hospedada na Vila dos Atletas: o ciclismo (pista e estrada). As disputas da modalidade ocorrerão na cidade de Shizuoka e para propiciar uma melhor logística, a organização optou por deixar esses atletas hospedados em hotel na região.

As entradas de brasileiros de outras modalidades na Vila dos Atletas acontecerão aproximadamente cinco dias antes do início das competições. Desta forma, o Brasil ainda utilizará as estruturas da cidade de Hamamatsu até o próximo dia 26 com a canoagem. Além disso, alguns atletas sairão de outros locais como o triatlo, que tem parte da equipe em Portugal.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.