Atletas estrangeiros poderão ter aulas de chinês em Pequim

Vila Olímpica criou área destinada ao aprendizado do idioma; livros e computadores ficarão à disposição

Ansa

28 de julho de 2008 | 10h31

Os atletas que participam das Olimpíadas de Pequim poderão dedicar-se ao estudo do chinês. Na Vila Olímpica, inaugurada nesse domingo, 27, foi criada uma área especialmente destinada ao ensino da língua e da cultura do país dos Jogos, informou a agência oficial Nova China. Decorada com máscaras e objetos tradicionais, a "Chinese Learning Area" colocou livros e computadores à disposição dos atletas para tentar ajudar os "alunos" na difícil missão de aprender o chinês.  

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.