Atletismo é a modalidade com mais representantes no Time Brasil

Especialistas dizem que número de 67 atletas classificados para os Jogos já é uma conquista

Nathalia Garcia, enviada especial ao Rio, O Estado de S.Paulo

29 de julho de 2016 | 05h00

Com 67 atletas - 36 homens e 31 mulheres -, o atletismo é o esporte com mais representantes do Brasil nos Jogos Olímpicos. A modalidade bateu também o seu próprio recorde de participantes. Nos Jogos de Atlanta, em 1996, o atletismo brasileiro contou com 42 integrantes. Essa quantidade na Olimpíada do Rio já é vista como uma conquista por especialistas.

“Só o fato de a gente conseguir classificar um número grande de atletas, isso já é um bom resultado para a gente. Era a nossa primeira meta: estabelecer o recorde de participantes nos Jogos Olímpicos”, exaltou o técnico Nélio Moura.

À medida que o número de representantes cresce, aumenta a ambição por resultados. De acordo com o treinador, o segundo objetivo da delegação brasileira é conseguir classificar dez atletas para as finais. O principal nome é Fabiana Murer, do salto com vara.

Apesar das projeções, Nélio evita enumerar quantas medalhas o atletismo pode conquistar no Rio. “Historicamente, a gente conquista uma ou nenhuma medalha. É difícil do ponto de vista estatístico estabelecer um número de medalhas. A gente quer conquistar alguma.”

O segundo colocado na lista de representantes é o futebol, com 36 nomes. Na sequência, aparece a natação (33). A partir daí, os esportes coletivos dominam a lista - handebol, polo aquático, basquete, vôlei e rúgbi. Na outra extremidade, estão as modalidades que o Brasil têm menos tradição.

É o caso do badminton, que levará apenas dois atletas - Ygor Coelho e Lohaynny Vicente - e que o Brasil nunca havia se classificado para disputar uma Olimpíada. Também é inédita a classificação do ciclismo de pista, que terá Gideoni Monteiro no Omnium.

Tudo o que sabemos sobre:
Jogos olímpicosOlimpíadaRIo 2016

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.