Kai Pfaffenbach|Reuters - 21|6|2015
Kai Pfaffenbach|Reuters - 21|6|2015

Ausência da Rússia no Rio traria impacto em várias modalidades

Ginástica rítmica, ginástica artística, nado sincronizado e atletismo seriam afetados

Nathalia Garcia, O Estado de S.Paulo

19 de julho de 2016 | 06h59

O impacto da possível ausência da Rússia nos Jogos Olímpicos respinga em diversas modalidades, principalmente em ginástica rítmica, ginástica artística, nado sincronizado e atletismo.

Em Londres-2012, as russas deram uma demonstração dessa supremacia com a conquista do tetracampeonato no conjunto geral por equipes. E o país também brilha no individual, com destaque para a bicampeã olímpica Evgenia Kanaeva.

Para Monika Queiroz, técnica da brasileira Natália Gaudio, as russas fariam mais falta nas provas individuais. "O conjunto da Rússia é um dos favoritos, já no individual são atletas olímpicas para ter o ouro e a prata", analisa.

Aos 18 anos, Yana Kudryavtseva é a principal aposta da Rússia para os Jogos do Rio. Ela é a mais jovem ginasta a vencer três Mundiais seguidos. Logo atrás está Margarita Mamum, que brigaria por uma vaga com Aleksandra Soldatova.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.