Molly Darlington/Reuters
Molly Darlington/Reuters

Austrália bate Eslovênia, fica com o bronze e garante primeira medalha no basquete masculino

Australianos, enfim, subiram no pódio após amargarem quatro vezes o quarto lugar nos Jogos Olímpicos

Redação, Estadão Conteúdo

07 de agosto de 2021 | 12h00

A disputa de bronze do basquete masculino foi definida neste sábado na Olimpíada de Tóquio-2020. Depois de quatro Jogos Olímpicos batendo no aro, a Austrália finalmente conseguiu a sua primeira medalha na modalidade ao vencer a Eslovênia por 107 a 93.

Os eslovenos vinham como favoritos principalmente por causa do astro Luka Doncic, do Dallas Mavericks, que foi neutralizado e fez 22 pontos e sete assistências. O nome do jogo mesmo foi o veterano armador australiano Patty Mills, que anotou 42 pontos e nove assistências.

Era a quinta vez que os australianos tentavam uma medalha, justamente na disputa de bronze. Em Seul-1988, Atlanta-1996, Sidney-2000 e Rio-2016, a equipe da Oceania perdeu todas, ficando com o quarto lugar nessas edições e sem levar a medalha para casa.

O ouro do basquete masculino na Olimpíada de Tóquio-2020 ficou novamente com os Estados Unidos, que venceram a França por 87 a 82, completando o pódio da modalidade.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.