Siphiwe Sibeko/Reuters
Siphiwe Sibeko/Reuters

Australianos danificam camas e fazem buraco na parede da Vila Olímpica antes de deixarem Tóquio

Comitê Olímpico da Austrália ainda informou que os atletas mostraram um 'comportamento inaceitável' no voo para casa

Redação, O Estado de S.Paulo

03 de agosto de 2021 | 12h25

Atletas australianos fizeram estrago nas camas de seus quartos na Vila Olímpica e deixaram um buraco na parede antes de saírem do Japão após participarem dos Jogos Olímpicos de Tóquio. As informações são do Comitê Olímpico Australiano. Segundo a entidade, alguns atletas demonstraram ainda um “comportamento inaceitável” no voo de volta para casa. O chefe de equipe Ian Chesterman afirmou que nenhuma ação disciplinar será tomada porque os atletas pediram desculpa por suas atitudes.

Ele adicionou que o dano foi mínimo e que quebrar a cama de papelão não “foi a coisa mais difícil de fazer”. Os nomes dos esportistas e as modalidades nas quais competiram não foram reveladas. “Algumas pessoas jovens cometeram um erro, eles deixaram os quartos em condições que são inaceitáveis”, disse Chesterman. “É um livro tão antigo quanto o tempo: um jovem bom se engana, o capítulo dois é o jovem bom cheio de remorso. O terceiro capítulo é o jovem bom aprendendo após o erro e virando uma pessoa melhor.” 

Apesar das declarações amigáveis do chefe australiano, os órgãos nacionais de futebol e rugby abriram uma investigação por conta de relatos de ‘comportamento turbulento’ em um voo para Sydney na última sexta. “O Rugby Austrália foi informado de incidentes envolvendo o time de sete masculino depois de ser informado pelo Comitê Olímpico Australiano”, disse um comunicado. 

O chefe executivo do Comitê Olímpico Australiano, Matt Carroll, informou que não houve reclamação formal da empresa aérea operando o voo, mas que “comportamento inaceitável foi trazido à nossa atenção”. Ele adicionou que a situação é extremamente decepcionante, mas que os órgãos de futebol e rugby australianos sabem que esse comportamento não é aceitável em ambos os esportes e “sinceramente pediram desculpas ao time olímpico da Austrália”. 

O time de rugby de sete australiano chegou às quartas de final dos Jogos de Tóquio, mas foram eliminados para Fiji, campeões ao final do torneio. Já a equipe masculina de futebol caiu na fase de grupos da Olimpíada. A feminina não estava envolvida na confusão, pois disputa a medalha de bronze na quinta contra os Estados Unidos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.