Australianos podem comentar os direitos humanos na China

Atletas ganham o apoio do Comitê Olímpico Australiano, que liberou qualquer tipo de entrevista

EFE

19 de março de 2008 | 14h31

Os atletas australianos que participarão dos Jogos Olímpicos de Pequim 2008 poderão falar com ampla liberdade da questão dos direitos humanos na China, informou nesta quarta-feira a emissora Fox Sports.O Comitê Olímpico Australiano (AOC) afirmou que os atletas selecionados para competir nos Jogos deverão assinar um acordo padrão no qual eles se comprometem apenas a falar com os jornalistas sobre suas próprias competições, perspectivas e atuações.No entanto, o diretor de imprensa do AOC, Mike Tancred, disse que este documento serve apenas para impedir que os atletas australianos critiquem seus companheiros de equipe ou rivais. "Nossos atletas em Pequim terão o direito de falar sobre qualquer assunto, inclusive os direitos humanos", concluiu Tancred.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.