Jonne Roriz/AE
Jonne Roriz/AE

Baby e David Moura travam última disputa por vaga no Rio

Judocas participam do Master de Guadalajara, no México

O Estado de S.Paulo

29 de maio de 2016 | 07h11

Sete judocas brasileiros lutarão neste domingo no World Master de Guadalajara, no México: Tiago Camilo (90kg), Rafael Buzacarini (100kg), Luciano Corrêa (100kg), David Moura (mais de 100kg), Rafael Silva (mais de 100kg), Mayra Aguiar (78kg) e Maria Suelen Altheman (mais de 78kg). A competição é a última classificatória para os Jogos Olímpicos do Rio.

As atenções estarão voltadas, principalmente, para as lutas dos pesos pesados Rafael Silva e David Moura. Isso porque Rafael Silva, o Baby, tem apenas 102 pontos a mais do que Moura e o Masters de Guadalajara dá até 700 pontos no ranking mundial da Federação Internacional de Judô.

Para acirrar ainda mais a disputa, o sorteio colocou os dois brasileiros na mesma chave da competição. “Serão, sem dúvida, lutas muito duras. No pesado, o Rafael Silva e o David Moura caíram na mesma chave e terão de se resolver ali”, avisou o técnico Luiz Shinohara. O Master de Guadalajara reúne 235 atletas de 51 países. Participam os 16 melhores do mundo em cada categoria.

A lista de 14 atletas que vai representar o judô brasileiro nos Jogos Olímpicos do Rio 2016 será anunciada na quarta-feira. Cabe à CBJ (Confederação Brasileira de Judô) definir a equipe. O ranking mundial é o principal critério, mas se dois atletas estiveram com pontuações muito próximas, outros fatores poderão definir o escolhido pela confederação.

Sábado, no segundo dia de World Masters no México, a peso-médio Maria Portela terminou em sétimo lugar. A brasileira chegou à repescagem, mas perdeu para Naranjargal Tsend Ayush, da Mongólia, na diferença de punições (2 a 1). Mariana Silva (63kg), Alex Pombo (73kg) e Victor Penalber (81kg) também lutaram no sábado, mas não conseguiram avançar para as disputas por medalha.

Tudo o que sabemos sobre:
JudôOlimpíada

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.