Basquete masculino está de novo fora da Olimpíada

A seleção brasileira masculina de basquete perdeu para a Alemanha por 78 a 65, nesta sexta-feira, e não tem mais chances de ir à Olimpíada de Pequim. Com o resultado, o Brasil completa três fracassos consecutivos na busca pela vaga olímpica - a última participação foi em Atlanta, há 12 anos.A partida desta sexta-feira foi equilibrada até a metade do segundo quarto, quando o placar apontava 24 a 23 para os brasileiros. Foi então que começou a brilhar o ala-pivô Dirk Nowitzki, principal jogador alemão. Com uma seqüência de erros incrível, a seleção brasileira permitiu que os alemães terminassem o segundo quarto com 19 pontos de vantagem - 45 a 26. No início do terceiro quarto os brasileiros voltaram ainda pior. O ala Marcelinho Machado, principal responsável pelos arremessos de longa distância, teve aproveitamento de 14%, com um acerto em sete tentativas. Mais uma vez errando muito e com falhas de marcação no perímetro, o Brasil permitiu que a Alemanha abrisse 27 pontos - o placar apontava 60 a 33, com 1min31 para o fim do terceiro período.No último quarto, a seleção brasileira reagiu, mas em nenhum momento chegou a ameaçar a adversária, que não precisou de jogar bem para conseguir uma vitória tranqüila.O cestinha brasileiro foi Tiago Splitter, com 16 pontos, seguido por Marcelinho Machado, com 11 e Marcelinho Huertas, que anotou nove. Alex e JP Batista contribuíram com oito pontos. Nas semifinais, a Alemanha terá pela frente a Croácia, que venceu o Canadá por 83 a 62. Do outro lado da chave, Porto Rico - que bateu a Eslovênia por 81 a 70 - aguarda o vencedor de Grécia x Nova Zelândia. Os gregos, que jogam em casa, são favoritos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.