Arman Naamani|AFP
Arman Naamani|AFP

Berdych é mais um tenista a desistir da Olimpíada por medo do vírus zika

Um dia após Halep e Raonic, checo também abre mão da disputa

Estadão Conteúdo

16 de julho de 2016 | 13h46

Um dia depois do canadense Milos Raonic e da romena Simona Halep desistirem de disputar os Jogos Olímpicos do Rio por conta do medo do vírus zika, neste sábado foi a vez de Tomas Berdych. O checo número 8 do ranking da ATP alegou o mesmo motivo e anunciou que não virá ao Brasil para o evento.

"Eu sinto muito por anunciar que não vou participar dos Jogos Olímpicos do Rio. Foi uma difícil decisão para tomar depois de uma longa e dolorosa conversa com minha mulher. É uma decisão puramente profissional, mas sinto que preciso dar ao menos uma séria razão para minha decisão aos meus torcedores e fãs", escreveu o tenista nas redes sociais, antes de confirmar que o temor pelo vírus foi o fator fundamental para a decisão.

"O motivo é a extensão do vírus zika no País da Olimpíada. Como iniciei uma família recentemente, limitar os riscos à saúde dos meus entes mais próximos é minha maior prioridade", completou.

Com o anúncio, Berdych se tornou o segundo tenista do Top 10 da ATP a desistir da Olimpíada, seguindo o exemplo de Raonic, número 7 do mundo. O checo ainda fez questão de se desculpar com a torcida de seu país.

"Eu peço desculpas a quem desapontei com a minha decisão. Eu acredito que se levarem em conta os motivos da minha decisão, vão entender que o fiz por causa da minha família. Desejo ao time checo grande sucesso e espero poder em breve vestir as cores do meu país novamente", comentou.

Tudo o que sabemos sobre:
Tomas BerdychOlimpíadaRIo 2016

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.