Evaristo Sá/ AFP
Evaristo Sá/ AFP

Bolsonaro não deverá ir aos Jogos Olímpicos de Tóquio

Presidente foi convidado para a cerimônia de abertura, mas representantes do governo brasileiro deverão ser ministro da Cidadania e secretário especial de Esportes

Raphael Ramos, O Estado de S.Paulo

08 de junho de 2021 | 12h34

O presidente Jair Bolsonaro não deverá ir aos Jogos Olímpicos de Tóquio, entre 23 de julho e 8 de agosto. Nas últimas três edições da Olimpíada, o presidente do Brasil à época sempre esteve presente à cerimônia de abertura: Luiz Inácio Lula da Silva (Pequim-2008), Dilma Rousseff (Londres-2012) e Michel Temer (Rio-2016).

"A informação que temos é de que o ministro da Cidadania, João Roma, é que vai representar o governo. O secretário especial de Esportes, Marcelo Magalhães, também deverá estar em Tóquio", disse ao Estadão o diretor-geral do COB (Comitê Olímpico do Brasil), Rogério Sampaio.

Em janeiro, Bolsonaro se encontrou com o ministro dos Negócios Estrangeiros do Japão, Motegi Toshimitsu, e foi convidado para a abertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio. Procurada pela Estadão, a Secom (Secretaria Especial de Comunicação Social) da Presidência da República informou ainda não ter a confirmação da ausência do presidente na Olimpíada.

O Japão tem pedido aos governos estrangeiros que reduzam o tamanho de suas delegações. Aos chefes de Estado, por exemplo, foi solicitado o máximo de 11 acompanhantes. Os principais já foram convidados para a festa de abertura marcada para dia 23 de julho. O COI não informou quem já confirmou presença.

Integrantes da delegação brasileira que viajarão para Tóquio estão sendo vacinados desde o mês passado. São 1.814 credenciados, entre atletas, comissões técnicas, jornalistas e árbitros, incluídos no grupo prioritário do Plano Nacional de Imunização. Bolsonaro, 66 anos, já poderia ter sido vacinado pela faixa etária, mas optou por ainda não ser imunizado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.