AP
AP

Bolt corre para inaugurar oficialmente o estádio que vai abrir Tóquio-2020

Aposentado, jamaicano diz ter uma boa experiência ao correr no local, já que não estará na Olimpíada

Reuters, Reuters

22 de dezembro de 2019 | 10h24

O ex-velocista Usain Bolt correu neste sábado na pista do estádio Nacional de Tóquio durante evento de abertura da instalação, que será o palco da Cerimônia de Abertura da próxima Olimpíada, a ser realizada no ano que vem.

Bolt, que detém oito medalhas de ouro olímpicas, correu ao redor da pista como parte de um revezamento, em frente a aproximadamente 60 mil pessoas, os primeiros membros do público a assistirem a um evento no Estádio Nacional. No total, 2.020 pessoas puderam correr nas raias durante o evento.

A construção do estádio, erguido a um custo de 1,44 bilhão de dólares, terminou em novembro, nove meses antes da cerimônia de abertura, que ocorrerá em 24 de julho. A disputa dos Jogos Olímpicos de Tóquio prosseguirá até o dia 9 de agosto.

“Foi uma grande experiência estar aqui e correr na frente de tanta gente”, disse o recordista mundial dos 100 e 200 metros rasos. “Fiquei feliz e animado, porque não competirei na Olimpíada, então o fato de correr na pista neste momento foi toda uma experiência. Estou até com dores depois dessa pequena corridinha”, brincou Bolt, já aposentado do atletismo. / REUTERS

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.