Lavandeira/EFE
Lavandeira/EFE

Brandonn fica fora da final dos 400m medley nos Jogos do Rio e chora

Brandonn Almeida decepciona e fica só em 15º lugar

Marcio Dolzan e Paulo Favero - Enviado especial ao Rio, O Estado de S. Paulo

06 Agosto 2016 | 14h04

Com muitos lugares vazios, o Estádio Aquático recebeu neste sábado as primeiras provas da natação nos Jogos Olímpicos. Os pontos cegos nas arquibancadas também davam uma sensação de pouco público em vários cantos. Mesmo sem lotação máxima, o público fez festa e gritou, principalmente, quando os brasileiros estavam na prova.

Na primeira disputa do dia, nos 400 metros medley, o destaque ficou por conta do norte-americano Chase Kalisz, que marcou o melhor tempo do ano com 4min08s12. O brasileiro Brandonn Almeida, que é recordista mundial júnior da prova, não foi bem e, com o 15º lugar (4min17s25), ficou fora da final.

"Infelizmente não consegui encaixar o que treinei e não fiz minha melhor prova. Não fui bem no nado peito e foi onde perdi minha prova. Fica o aprendizado. Foi minha primeira Olimpíada e espero chegar nas próximas e dar meu melhor", afirmou Brandonn, que chorou bastante. "Agora tenho de me concentrar para os 1.500m livre."

Já Daynara de Paula e Daiene Dias conquistaram a vaga nas semifinais dos 100m borboleta, com o 14º e 15º tempos, respectivamente. "Foi o melhor tempo da minha vida, estou muito feliz", afirmou Dainara, que marcou 57s92. Daiene registrou 58s15, enquanto a sueca Sarah Sjostrom foi a melhor, com 56s26.

PARTICIPE

Quer saber tudo dos Jogos Olímpicos do Rio? Mande um WhatsApp para o número (11) 99371-2832 e passe a receber as principais notícias e informações sobre o maior evento esportivo do mundo através do aplicativo. Faça parte do time "Estadão Rio 2016" e convide seus amigos para participar também!

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.